Pressionado, Cláudio Castro dá gratificação a policiais, se reúne com prefeitos e acelera pré-campanha

·3 min de leitura

Nos últimos dias o governador do Rio, Cláudio Castro (PL), se reuniu com prefeitos que o apoiam na disputa eleitoral e concedeu reajuste para policiais, acelerando a pré-campanha à reeleição. Agora correligionário de Jair Bolsonaro, Castro, que tentava se posicionar como candidato de centro, sem vinculação direta com o presidente, posou somente ao lado de políticos de partidos que mantêm afinidade com o titular do Palácio do Planalto.

O governador se reuniu na noite desta terça-feira com 11 prefeitos. Ao lado dele, em registro feito no Palácio Laranjeiras, aparecem nomes como os prefeitos de São Gonçalo, Capitão Nelson, de Itaboraí, Marcelo Delaroli, e de Mesquita, Jorge Miranda, todos do PL. Chefes do Executivo em Teresópolis e Miguel Pereira, Vinicius Claussen e André Português, ambos do PSC, também participaram do encontro. Os prefeitos de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB), de Magé e de Nova Iguaçu, Renato Cozzolino e Rogério Lisboa, ambos do PP, e de Belford Roxo, Waguinho (União Brasil), também marcaram presença. Completam a lista de participantes do encontro dois nomes filiados ao DEM: Dr. João, prefeito de São João de Meriti, e Rodrigo Drable, de Barra Mansa.

Com este arco, estima-se que o governador concentre apoios de prefeitos de aproximadamente 38% do eleitorado estadual.

Aceno a bolsonaristas

A foto ao lado de chefes do Executivo da Baixada Fluminense e do interior do estado aconteceu na semana em que Castro deu uma mostra de sua força nos bastidores da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), além de ter feito anúncios que agradam a uma categoria cara aos bolsonaristas: os policiais.

Depois de travar uma disputa política com parte dos deputados da Assembleia e vetar trechos do projeto de lei que reajustaria a Gratificação de Regime Especial de Trabalho (Gret) dos praças do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar em dois anos, o governador publicou um decreto aumentando o benefício, que será correspondente a 150% do soldo já na folha salarial de janeiro, que será paga em fevereiro. Atualmente, a Gret de praças é de 122,5%. Mais de 46 mil militares ativos passarão a ter direito à gratificação, paga a título de estresse e periculosidade provocados pela profissão. O benefício terá um impacto anual de R$ 278,4 milhões nos cofres públicos, de acordo com a Secretaria estadual da Casa Civil.

O governo informou ontem que servidores ativos, inativos e pensionistas do estado terão direito ao pagamento da recomposição inflacionária de 13% sobre os seus salários. O percentual corresponde 50% das perdas inflacionárias acumuladas entre 6 de setembro de 2017 a 31 de dezembro de 2021, que chegou a 26%, de acordo com dados do IBGE. Os outros 50% referentes às perdas acumuladas serão pagos em duas parcelas iguais, em 2023 e 2024.

Leque de aliados

Questionado sobre o registro ao lado de políticos alinhados ao bolsonarismo e sobre a ausência de nomes de centro, dos quais tentava se aproximar antes da filiação de Bolsonaro ao PL, Castro desconversou.

— Reuni ontem com alguns prefeitos para falar um pouco sobre a situação do estado e fiquei muito entusiasmado com o que ouvi de todos. É sinal da confiança e da credibilidade que nosso governo conquistou. Uma gestão que investiu no diálogo e na união das forças políticas — afirmou.

Rosto pouco conhecido pelo eleitorado na Baixada Fluminense e na capital, o governador tenta ampliar o seu leque de aliados. Pesquisas feitas pelo Palácio Guanabara apontam que a associação a Bolsonaro faz com que Castro perca votos. Com cargos distribuídos a membros de 16 diferentes partidos no primeiro escalão do governo, Castro tem cumprido agendas no interior, onde distribui cheques com valores obtidos graças ao leilão da Cedae.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos