Pressionado pelo PSB, Lula rifa Marilia Arraes e confirma apoio a Danilo Cabral em Pernambuco

Em Pernambuco, o pré-candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, declarou publicamente o seu apoio a Danilo Cabral (PSB) para a disputa ao governo do estado. Em palanque em Garanhuns, onde nasceu, Lula chegou a ouvir apelos da plateia por Marília Arraes (Solidariedade), deputada federal que saiu do PT para poder concorrer contra o PSB.

RJ: Molon e Ceciliano disputam protagonismo em evento e criam saia-justa para Freixo

Presidência: PDT lança oficialmente Ciro Gomes como candidato

O petista, porém, privilegiou o partido aliado, que indicará Geraldo Alckmin como vice na chapa. Marília Arraes pretende fazer sua campanha declarando apoio a Lula. Por isso, socialistas esperavam um gesto eloquente de Lula a favor de Cabral.

— Eu tenho candidato a governador de Pernambuco, que é o Danilo Cabral. Não confundo a minha relação pessoal com a relação política. O PT tem um compromisso nacional com o PSB, e eu sou de um tempo que não precisava nada assinado, era no fio do bigode — declarou Lula.

Durante o evento, a pré-candidata ao Senado pelo PT, a deputada estadual Teresa Leitão, cometeu uma gafe. Ao saudar alguns dos políticos presentes, quase fez um cumprimento a Marília Arraes, que estava ausente.

— Queria cumprimentar Marília Arr...

— Arraes! — completou a plateia.

Ela, então, disse que se referia à vereadora Marília Ferro, presente ao ato. E que não podia deixar de considerar que defendia a fidelidade partidária.

Sonar: Ciro tem vídeo mais visto que Lula no Tik Tok, duas semanas após estreia de ex-presidente na plataforma

No mesmo palanque, discursaram o prefeito de Recife, João Campos (PSB), o atual governador, Paulo Câmara (PSB) e o próprio Danilo Cabral. Luciana Santos (PCdoB), que será vice de Cabral, também falou.

Antes da fala de Lula e Danilo Cabral, a organização da pré-campanha ainda tocou um jingle: “Danilo é Lula/Lula é Danilo/ DaniLula”. Quando Cabral foi apresentado, parte da plateia vaiou o candidato do PSB, demonstrando uma preferência a Marília Arraes.

Na primeira agenda do dia, Lula visitou uma réplica de uma casa da sua infância, construída em Caetés, mesmo lugar onde viveu (à época, Caetés era um distrito de Garanhuns). A moradia foi batizada de “Casa de Dona Lindu”, em referência à mãe de Lula.

Ainda nesta quarta-feira, Lula terá agenda em Serra Talhada, também em Pernambuco.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos