Pressionado, São Paulo pega River pela vaga nas oitavas da Libertdores

·2 minuto de leitura
Lance da partida entre São Paulo e River Plate, pela Copa Libertadores
Lance da partida entre São Paulo e River Plate, pela Copa Libertadores

O São Paulo enfrenta o argentino River Plate nesta quarta-feira em Buenos Aires pressionado para buscar um resultado que garanta a vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores, em partida válida pela quinta rodada do Grupo D da competição continental

A LDU lidera a chave com 12 pontos em cinco jogos, e já está classificada para próxima etapa, enquanto o River, segundo com sete, e o Tricolor Paulista, terceiro com quatro, lutam pela vaga restante, já que o lanterna, o peruano Binacional (com 3), não tem chances de avançar. 

Uma vitória em casa nesta rodada, dá ao time argentino a classificação, enquanto o empate deixaria este assunto para ser resolvido na última rodada, quando encara em Buenos Aieres o líder equatoriano. 

Com  um formidável saldo de gols a favor (+11), quase irrecuperável para os paulistas (0), o River pega o São Paulo menos de duas semanas depois do encontro no Morumbi, que terminou empatado por 2 a 2. 

Na semana passada, a equipe argentina atropelou o Binacional em Lima, com uma goleada por 6 a 0. Nessa mesma rodada, a equipe paulista foi derrotada em Quito por 4 a 2 pela LDU, se complicando na tabela.

- Defesa permeável -

Apesar da boa campanha no Campeonato Brasileiro, em terceiro após doze jogos, o São Paulo tem mostrado uma defesa muito vazada na Libertadores, com oito gols sofridos, e essa falha pode custar caro contra um adversário como o River. 

“É muito prematuro dizer quais são as equipes que podem ir até o fim. Sim, somos uma equipe que tem aspirações e que continua a manter essa ambição. O desafio agora é nos classificarmos para a próxima fase. A partir daí, terá início uma outra Copa Libertadores”, declarou o treinador do River, Marcelo Gallardo, após a vitória sobre o Binacional. 

Com o elenco completo, sem problemas físicos ou suspensões e com resultados negativos nos últimos testes para covid-19, Gallardo pode ter o retorno de Milton Casco à lateral esquerda como principal novidade. 

Do lado visitante, o regresso do astro Daniel Alves, recuperado de uma fratura no antebraço, é certo. 

Mas o técnico Fernando Diniz não poderá contar com o atacante Luciano, suspenso para este encontro.

 A partida será disputada na quarta-feira a partir das 21h30, horário de Brasília e será arbitrada pelo chileno Cristian Garay no estádio Libertadores de América, do clube Independiente de Avellaneda (periferia sul), já que o River está fazendo reformas em no Monumental. 

Prováveis escalações: 

River: Franco Armani - Gonzalo Montiel, Lucas Martínez Quarta, Javier Pinola e Milton Casco - Ignacio Fernández, Enzo Pérez e Nicolás de la Cruz - Julián Alvarez, Rafael Borré e Matías Suárez. 

T: Marcelo Gallardo. 

São Paulo: Tiago Volpi - Igor Vinícius, Diego Costa, Léo Pelé e Reinaldo - Tché Tché, Gabriel Sara, Daniel Alves e Igor Gomes - Pablo e Vítor Bueno ou Brenner. 

T: Fernando Diniz. 

str / ls / ol / lca