Prestes a virar apresentador, Arthur Picoli diz ter conquistado R$ 1,5 milhão após o 'BBB21'

·1 minuto de leitura

Mesmo quem não ganha o prêmio do "Big Brother Brasil 21" consegue colher frutos de sua participação no programa. Foi o caso de Arthur Picoli, de 27 anos, que afirmou já ter conquistado R$ 1,5 milhão fora da casa. O educador físico e influencer, que por um período chegou a ser cancelado pelo público do programa, conseguiu reverter a sua imagem e já fez publicidade para várias marcas e empresas importantes.

Além do trabalho como influencer, o ex-BBB ainda vai começar numa nova carreira: a de apresentador. Formado em educação física e instrutor de Crossfit, ele vai apresentar um programa semanal na FLATV, canal de TV do Flamengo, em que mostrará os diversos esportes em que o clube carioca investe e apoia. As gravações têm início na próxima semana e o programa tem previsão de estreia para outubro.

"Eu entendo muito de futebol, amo o Flamengo, então acabo tendo mais facilidade com o tema", disse ele em entrevista ao canal de Lais Moreira e contou que também foi convidado para fazer parte do time de futebol 7 rubro-negro: "Sempre falei sobre o Flamengo no 'BBB', que quando era jogador de futebol sonhava em jogar lá".

Além de apresentador, a possibilidade de estudar para ser ator também está nos planos do ex-BBB:

"A escola de formação de atores Wolf Maia me convidou para fazer algumas aulas se eu tivesse interesse. Vou quando as coisas derem uma acalmada porque agora a rotina está muito pesada", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos