Preterida na disputa no Ceará, governadora Izolda Cela anuncia que vai sair do PDT

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Depois de ter sido preterida em convenção do PDT para disputar o governo do Ceará, a governadora Izolda Cela anunciou, nesta terça-feira, que vai sair do partido. Nas redes, ela atribuiu a decisão ao lançamento de duas candidaturas ao posto dentro do mesmo espectro político.

A governadora foi rifada internamente antes da definição do palanque pedetista no partido, oficializada na última semana, quando os delegados referendaram a candidatura do ex-prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio, aliado do presidenciável Ciro Gomes no estado. O apoio à candidatura de Izolda, por outro lado, vinha da cúpula petista no Ceará. Isso porque, desde 2015, Izolda ocupou a vice-governadoria na chapa de Camilo Santana, do PT.

Após a oficialização do nome de Cláudio, no dia 18 de julho, o PT informou que iria romper uma aliança de 16 anos com a família Gomes no Ceará.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos