Governo quer votar Previdência em 45 dias no Senado

Líder do governo estima votação da reforma da Previdência no Senado até o dia 20 de setembro.

O líder do governo no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) afirmou na tarde desta terça-feira (16) que o governo espera votar a reforma da Previdência no Senado em até 45 dias a partir da data de chegada.

Ontem (segunda, 15), a senadora e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Simone Tebet (MDB-MS), afirmou que apenas no colegiado a previsão é de que a análise durasse cerca de três semanas. “No plenário é mais rápido”, ponderou Bezerra Coelho aos jornalistas que recebeu na tarde de hoje em seu gabinete.

Para ele, no plenário do Senado, a votação em dois turnos da proposta deve durar cerca de 15 dias e a expectativa é de aprovação por uma margem entre 54 e 60 votos a favor.

Veja o que diz o líder do governo no Senado:

Estados e municípios

O senador pernambucano também avalia que a inclusão de estados e municípios na proposta é mais viável na Casa Alta. Para ele, “não é razoável” que país tenha diferentes regimes de aposentadoria nos estados da federação.

Veja o vídeo: