Previsão de Búzios para 2021 diz que política no Rio 'continuará confusa'; veja análise completa

Extra com Walter D'Oxaguiã
·2 minuto de leitura
Foto: Roberto Moreyra / Agência O Globo

Após um período de tanta tristeza e turbulência, bate aquela ansiedade para saber qual Orixá vai reger 2021. Um deles deve ter seu culto ressaltado: Orixá Ori (cabeça), o mais importante de todos. Um ditado africano diz: “A cabeça comanda os pés!”. Precisamos ter determinação e trilhar um caminho de cada vez. Ori é nossa porção individual, que existe no universo e se materializa na Terra, e seu poder é infinito. Então, independentemente do Orixá regente de 2021, Ori deverá ser muito cultuado entre os adeptos da religião de matriz africana ou por aqueles que desejarem ter uma vide com mais prosperidade.

O mundo, povoado por mentes brilhantes e cheio de tecnologia, não estava preparado para ser atacado por um vírus. Não podemos considerar essa pandemia como algo punitivo, que veio para castigar os homens e, sim, para nos lembrar que somos vulneráveis. Por mais que não acreditemos, ainda somos um grão de areia neste universo. 2021 será um ano em que ainda teremos muitas incidências de problemas respiratórios e cardíacos. Precisamos estar preparados para isso.

No Rio, a política continuará confusa, ainda sob a sombra de manipuladores, que teimam em fazer do Estado o seu parque de diversão. Mesmo assim, 2021 será muito melhor do que 2020. Nossos políticos ficarão mais assertivos e muitos se mostrarão mais sensatos, visando o bem comum.

O ano de 2021 ainda não será totalmente diferente de 2020, estaremos nos recuperando, mas de uma coisa podemos ter certeza: estaremos menos partidários e vivendo em mais harmonia com o próximo, apesar das diferenças.

A cor ideal para a virada do ano novo continua sendo o branco. E para atrair a bênção desse Orixá, macere folhas de saião, alevante, sálvia e algodão e banhe-se da cabeça aos pés. Assim, você atrairá boas energias para sua vida.

Consultoria de Búzios: Walter D'Oxaguiã