PRF envia reforço para cumprir decisão e desobstruir rodovia em SC

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Agentes da Polícia Rodoviária Federal tentam negociar com manifestantes bolsonaristas que mantêm um dos principais pontos de bloqueio da BR-101 em Santa Catarina, mas ainda sem sucesso. Os protestos de cunho golpista não aceitam a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições presidenciais.

Em conversa em tom amistoso com as lideranças do bloqueio, os agentes pediram para o grupo desobstruir parte da via, mas não foram atendidos.

O clima geral é de tensão, e há expectativa que a ordem para o uso da força seja cumprida a qualquer momento.

Os manifestantes reafirmam a vontade de permanecer fazendo o bloqueio.

O grupo está desde a noite de domingo (30) no mesmo local, em frente a uma loja da Havan, rede do empresário bolsonarista Luciano Hang, que tem funcionado como ponto de apoio aos manifestantes. Uma rede de supermercados também oferece apoio ao grupo distribuindo suprimentos.