PRF interrompe ações contra ônibus em Garanhuns (PE) após contato da Justiça Eleitoral

RECIFE, PE (FOLHAPRESS) - A Justiça Eleitoral em Garanhuns, no agreste de Pernambuco, acionou a Polícia Rodoviária Federal neste domingo (30) para interromper as retenções de ônibus em rodovias no entorno da cidade.

O Ministério Público Eleitoral disse, em nota, que acionou a juíza eleitoral da cidade "após tomar conhecimento de denúncias sobre retenção de ônibus em rodovias na região de Garanhuns na manhã de hoje (30)".

Segundo o MP Eleitoral, a Justiça Eleitoral entrou em contato com o inspetor regional da Polícia Rodoviária Federal. "Após o contato efetuado pela juíza eleitoral, não foram registrados novas ações de fiscalização na localidade, em conformidade com decisão expedida pelo Tribunal Superior Eleitoral", complementa a nota.

Garanhuns é a cidade natal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No primeiro turno, o petista obteve 72,12% dos votos válidos na cidade, e Jair Bolsonaro (PL) recebeu 23,51%. (José Matheus Santos)