Prima de Gugu Liberato tem celular furtado em enterro

Gugu Liberato. Foto: Antonio Chahestian/Record TV

A empresária Maria Tereza Pereira, de 66 anos, teve seu celular furtado no enterro do primo, o apresentador Gugu Liberato, no Cemitério Gethsêmani, no bairro do Morumbi, na zona sul de São Paulo, na última sexta-feira (29). Segundo o site “Notícias da TV”, outras pessoas também foram vítimas do crime durante a cerimônia, e três suspeitos foram detidos pela Polícia Militar.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Maria Tereza, que veio de Miami, nos Estados Unidos, para apoiar a família, notou o furto ao deixar o local. “A gente vem se despedir de um ente querido e passa por isso. Eu estava saindo da área reservada aos familiares, tinha uma van na saída e uma aglomeração de gente querendo chegar perto. Foi questão de um segundo. Quando vi, minha bolsa estava aberta e percebi que levaram meu celular", contou.

Leia também:

Antes de ir embora, ela reconheceu o aparelho na mão de um policial. “É meu mesmo, provei isso ao desbloquear na frente do policial. Estou recém-operada e agora tenho que ir na delegacia para fazer o boletim de ocorrência e recuperar meu aparelho”, afirmou.

Segundo o site, a PM informou ter encontrado cerca de oito celulares com os suspeitos, que foram encaminhados para a 34ª Delegacia de Polícia Civil, no Butantã.

Cerca de três mil admiradores foram à despedida de Gugu Liberato, que morreu aos 60 anos, após um acidente doméstico, em Orlando. A morte do apresentador foi confirmada no dia 22 de novembro.