‘Primavera’, novo espetáculo do Grupo Corpo, chega ao Rio em curta temporada

O Grupo Corpo volta ao Rio pela primeira vez desde o início da pandemia com o espetáculo inédito “Primavera”, com coreografia de seu fundador, Rodrigo Pederneiras, e músicas de Paulo Tatit e Sandra Peres, da dupla Palavra Cantada, que foram adaptadas para a companhia mineira.

Caminho da roça! Veja uma seleção de festas juninas na Barra da Tijuca e nos arredores

Crowdfunding: Selecionado para festival, ator faz vaquinha para ir a Angola

— No meio da pandemia estava tudo muito chato, não podíamos nos reunir. Fiz uma proposta indecente para o Paulo dizendo que adorava a música deles, mas não queria um espetáculo para crianças. Propus que eles utilizassem músicas prontas e retirassem as letras e as melodias e deixassem as bases, que são fortes — conta.

A dupla enviou 40 músicas para o coreógrafo, que escolheu 13 para montar a trilha sonora. O resultado agradou e assim nasceu o espetáculo, que busca levantar o astral do público e, segundo Pederneiras, levar a esperança de dias melhores. A montagem, porém, ainda respeita as limitações da crise sanitária.

— As canções são mais curtas, e os bailarinos não se tocam, com exceção daqueles que são casais e moravam juntos durante a pandemia. O resultado foi brilhante! Queria que o público pudesse olhar para a frente e enxergar um horizonte mais distante. “Primavera” traz renovação e renascimento — detalha Rodrigo.

Puro brilho: um encontro entre Diogo Vilela, que vive Cauby, e Marcio Louzada, intérprete de Sidney Magal

Depois de “Primavera”, o público poderá assistir a “Gira”, que é inspirado nos movimentos da umbanda e tem trilha sonora do Metá Metá. A temporada será entre os dias 15 e 19, de quarta a domingo que vem, no Teatro Multiplan, no VillageMall. Os ingressos vão de R$ 50 a R$ 240 e podem ser comprados na bilheteria do teatro (telefone: 3030-9970) ou pela plataforma Sympla.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos