Amazon Prime Day desencadeia guerra de descontos no comércio eletrônico: abatimentos chegam a 70%

Na esteira da campanha Prime Day — na qual a Amazon oferece descontos para os assinantes de seu pacote de beneficios —, quem navega pela internet nesta semana pode encontrar promoções por todos os lados. Casas Bahia, Mercado Livre e Magazine Luiza são alguns dos sites que concedem até 70% de abatimento em seus produtos. Segundo o professor de Finanças do Ibmec RJ Haroldo Monteiro, a ordem que movimenta o varejo é: não ficar para trás.

— Dado que a Amazon criou a campanha, as outras empresas acabam de uma forma geral se beneficiando desse dia se praticarem tambem menores preços em alguns de seus produtos. A Amazon tem uma penetração muito grande no varejo, o consumidor conhece bem a marca, e a campanha entrou para o calendário dele. Entao ele, que está preparado para consumir, pode procurar um produto que não está em promoção na Amazon em outra empresa. Ou se faltar estoque na Amazon, pode recorrer a outros sites. Se as marcas não aproveitam este dia, ficam pra trás. Um dia como este têm muitas finalidades, como uma estratégia de desova de estoque — explica Monteiro.

O mês de julho, segundo Fernando Marchesini, coordenador de Marketing da Fundação Getulio Vargas (FGV), já era de muitas promoções. Por conta das férias escolares, o fluxo de pessoas nas ruas inspirava comércios, mesmo os físicos, a praticarem bons preços, na tentativa de atrair o consumo por impulso. O formato similar das novas campanhas que acontecem no ambiente digital nesta semana também não são coincidência.

A Amazon, nestes dias 12 e 13 de julho, oferece os descontos de até 50%, além de frete gratuito sem valor mínimo por pedido para todo o Brasil em produtos enviados pela empresa, para os assinantes de seu pacote Prime (a assinatura custa R$ 14,90 ao mês ou R$ 119 ao ano, o equivalente a R$ 9,91 ao mês).

A rede Casas Bahia promoveu a quarta edição do Vip Days, seu programa gratuito de fidelidade, entre os dias 8 e 12 de julho, com até 50% de desconto para os cadastrados. Além disso, a varejista oferece frete grátis para as regiões Sul e Sudeste e entrega em até 48 horas, serviço premium de armazenamento em nuvem por três meses, e outros benefícios.

O Mercado Livre oferece em cupons de até 70% de desconto para produtos de diversas categorias, além de vouchers para quem comprar acima de determinados valores, e envio rápido e grátis em compras a partir de R$ 79.

— O interessa da empresa é utilizar a fidelização como um processo de vendas dos produtos. Hoje, é muito difícil fidelizar qualquer consumidor, que tem uma gama de ofertas à disposição. Ninguém compra mais em uma primeira olhada. Com um clique, qualquer pessoa pode comprar os preços e as vantagens em cada site. Então, se uma loja tem uma TV por R$ 2.900, e a outra por R$ 2.850, mas entrega de graça ou te dá um voucher para usar na compra de outro produto, a vantagem faz mais diferença do que o preço. E a loja está tentando fidelizar a pessoa a comprar um outro produto. Essas promoções estão cada vez mais agressivas em períodos mais interessantes — diz Marchesini.

Antecipação

A Casas Bahia realiza a VIP Days mensalmente, desde abril, mas as datas variam a cada mês. Em julho, antecipou o Prime Day e coincidiu com o primeiro dia da campanha da Amazon. E os resultados do programa de fidelidade estão de acordo com a estratégia, conta Guilherme Perez Simões, gerente executivo de CRM e Fidelidade do grupo Via:

— Os resultados têm sido promissores. Com o Vip Casas Bahia, nosso programa de fidelidade, a rede percebeu uma maior recorrência do cliente e o dobro da taxa de conversão em relação a quem não integra o programa.

Apesar de praticar no dia 12 até 70% de desconto em itens de seu site, além de 10% para pagamento à vista, o Magazine Luiza informou que a campanha não era especial. Declarou que as promoções ocorrem quase diariamente.

Para o professor da FGV Fernando Marchesini, quanto mais empresas se relacionarem com a data, maior será a importância desta semana de julho no calendário do consumidor brasileiro. Mas, como o Prime Day não é um evento aberto a qualquer pessoa, é difícil que ele chegue ao tamanho da Black Friday em popularidade.

Campanha própria

A Amazon avalia, no entanto, que isso já é uma realidade, ressaltando que seu site já vende mais durante a campanha própria do que ao participar da ação global em novembro.

— No Brasil, o Prime Day 2021 registrou um aumento de mais de 120% em quantidade de itens comprados pelos membros Prime em comparação a 2020, quando aconteceu a primeira edição do evento. Além disso, nas primeiras 24 horas da edição de 2021, a quantidade de produtos comprados na Amazon.com.br foi superior à da Black Friday 2020. Os resultados mostram que o Prime Day entrou de vez para o calendário de varejo nacional — pontua Camila Nunes, líder de Marketing da Amazon Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos