Primeira audiência entre Elon Musk e Twitter é marcada

Primeira audiência de Elon Musk vs Twitter é marcada para semana que vem
Primeira audiência de Elon Musk vs Twitter é marcada para semana que vem
  • O Twitter processou Elon Musk por cancelar o acordo de U$ 44 bilhões;

  • A primeira audiência entre a rede social e o bilionário foi marcada para a próxima terça-feira;

  • Esse primeiro encontro no tribunal será realizado na cidade de Wilmington e terá duração de 90 minutos

Após o Twitter processar Elon Musk por cancelar o acordo de compra avaliado em U$ 44 bilhões, a primeira audiência entre a rede social e o bilionário foi marcada para a próxima terça-feira (19). A chanceler Kathaleen McCormick, do Tribunal de Chancelaria de Delaware, nos EUA, anunciou a data nesta sexta-feira (15).

O Twitter acusa o homem mais rico do mundo de tentar “destruir a empresa, interromper suas operações, destruir o valor dos acionistas e ir embora” depois anunciar o cancelamento do acordo.

Esse primeiro encontro no tribunal será realizado na cidade de Wilmington, terá duração de 90 minutos e acontecerá ao meio-dia (horário de Brasília). Na ocasião, a juíza norte-americana deverá ouvir os argumentos do Twitter sobre o processo aberto pela empresa contra Musk.

Entenda o caso

O Twitter quer forçar Musk a concluir a fusão ao preço original acordado de US$ 54,20 por ação do Twitter, de acordo com a queixa apresentada no Tribunal de Chancelaria de Delaware nos Estados Unidos.

“Tendo montado um espetáculo público para colocar o Twitter em jogo, e tendo proposto e assinado um acordo de fusão favorável ao vendedor, Musk aparentemente acredita que ele – ao contrário de todas as outras partes sujeitas à lei contratual de Delaware – é livre para mudar de ideia, jogar fora o empresa, interromper suas operações, destruir o valor do acionista e ir embora”, escreveu o Twitter.

“Esse repúdio segue uma longa lista de violações contratuais materiais por Musk que desanimaram o Twitter e seus negócios”, acrescentou a empresa.

O processo foi movido depois que Musk disse na última sexta-feira (8) que estava rescindindo o acordo de aquisição porque o Twitter não forneceu informações adequadas sobre contas falsas no site.

Na ação, o Twitter mais uma vez negou que não havia dado a Musk informações adequadas sobre bots e revidou um tweet escatológico postado pelo chefe da Tesla.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos