Primeira brasileira a conquistar o Everest, atleta e médica Karina Oliani está na linha de frente contra o coronavírus

1 / 5

medica

Karina Oliani está na linhe de frente contra o coronavírus

Conquistar o topo do Everest, a montanha mais perigosa do mundo, está entre os maiores feitos da vida de Karina Oliani. Agora, no entanto, ela enfrenta um desafio ainda maior. Além de especialista em esportes radicais e repórter, ela é médica e está atuando na linha de frente contra o coronavíreus no Hospital de Campanhaha do Anhembi, em São Paulo.

Karina tem mostrado a rotina exaustiva dos plantões que tem feito na emergência e unidades de tratamento intensivo. As marcas do cansaço são visíveis no próprio rosto ao retirar os equipamentos de proteção. Ela não esmorece.

“Com a cara amassada e marcada mas a alma feliz. Mais uma noite, mais um dia de missão cumprida e dedicação pros meus pacientes do SUS. Às vezes, a gente perde mas eu escolho focar nos ganhos e continuar a luta!”, escreveu ela, na postagem no fim de mais um dia de guerra contra a covid-19.

Karina é médica há 13 anos e preside o Instituto Dharma. Mesmo quando trabalhava em reportagens para a TV (quadros no “Fantástico”, SportTV e Canal Off) nunca deixou de dar plantão em hospitais públicos e de emergência. Hoje ela trabalha com remoção de pacientes graves atéd às UTIs.

“Mais um dia onde ganhei muito mais que perdi, feliz e grata pela oportunidade de fazer e lutar pelo o que eu acredito!”, termina ela mais um dia.