Primeira-dama dos EUA, Jill Biden, faz visita inesperada à Ucrânia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Primeira-dama dos EUA, Jill Biden, se econtra com primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska, em Uzhhorod
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Jeff Mason

(Reuters) - A primeira-dama dos Estados Unidos, Jill Biden, fez uma viagem não anunciada à Ucrânia neste domingo para demonstrar apoio ao povo ucraniano em meio à invasão da Rússia, onde visitou uma escola que está servindo como abrigo temporário e conheceu a primeira-dama da Ucrânia, Olena Zelenska.

"Achei importante mostrar ao povo ucraniano que esta guerra tem que parar, que esta guerra tem sido brutal e que as pessoas dos Estados Unidos estão com o povo da Ucrânia", disse Jill Biden, segundo a reportagem de um repórter do Washington Post compartilhada com outras organizações de mídia.

A escola está servindo como abrigo para 163 ucranianos deslocados, incluindo 47 crianças, de acordo com a reportagem.

Jill Biden, que estava viajando pelo país vizinho, a Eslováquia, deu flores a Zelenska, que fazia sua primeira aparição pública desde que a invasão russa, começou em 24 de fevereiro, segundo uma autoridade norte-americana. As duas se abraçaram.

Zelenska disse que a primeira-dama foi corajosa por fazer a viagem.

"Entendemos o que é preciso para que a primeira-dama dos EUA viesse aqui durante uma guerra, onde ações militares ocorrem todos os dias, onde as sirenes tocam todos os dias até mesmo hoje", disse ela por meio de um intérprete, de acordo com a reportagem.

"Todos nós sentimos seu apoio e a liderança do presidente dos EUA, mas gostaríamos de ressaltar que o Dia das Mães é um dia muito simbólico para nós, porque nós também sentimos seu amor e apoio durante um dia tão importante".

Jill Biden retornou à Eslováquia após sua viagem pela fronteira.

(Reportagem de Jeff Mason)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos