Primeira escola inscrita no Intersolidário inicia arrecadação de alimentos

·1 minuto de leitura

Após mais de um ano com alunos distantes, a Escola Municipal Doutor Sócrates começa a retomar lentamente a normalidade. Turmas que tinham 30 alunos hoje recebem 12, de forma escalonada e respeitando protocolos sanitários. Ansiando por uma dose de competitividade na volta às aulas presenciais, a instituição do bairro de Guaratiba foi a primeira a se inscrever na edição 2021 do Intersolidário, projeto que consiste em gincana de arrecadação de alimentos para famílias carentes.

A iniciativa do GLOBO, apresentada pelo Sesc RJ, se tornou um incentivo para a comunidade escolar, que busca trabalhar a coletividade após tantos meses de confinamento.

— Resolvemos entrar nessa corrente de solidariedade para ajudar no que for possível, já que não temos competições no momento. Estamos sentindo falta disso, porque estamos praticamente há dois anos sem contato de forma presencial com nossos alunos — afirma Williams Matias, coordenador esportivo da Escola Doutor Sócrates.

Os alimentos arrecadados ao longo da ação serão encaminhadas ao banco do programa de segurança alimentar Mesa Brasil.

O Intersolidário faz parte da 39ª edição do Intercolegial, e as escolas podem se inscrever pelo intersolidario.oglobo.com.br. Já tradicional no torneio entre escolas, a Doutor Sócrates conta com dez treinadores especialistas em nove modalidades olímpicas. Sem competições devido à pandemia, a instituição vive uma fase diferente, na qual se sobressai o espírito da solidariedade, princípio importante também no mundo do esporte.

— Estamos em uma competição na qual ninguém perde contra um adversário implacável, que é a fome — afirma Williams.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos