Primeira festa do 'BBB21' tem treta entre Lucas Penteado e Kerline e conversa sobre paredão

Extra
·2 minuto de leitura
Foto: reprodução

Já estamos no fim de janeiro, mas na quarta-feira foi dia de réveillon no "Big Brother Brasil 21". A primeira festa do "BBB21" reuniu os 20 brothers em clima de descontração, dança e conversas. Mas também rolou a segunda treta da casa entre Lucas Penteado e Kerline.

Durante a festa, Lucas e Sarah tentaram ser cupidos de vários casais, mas sem sucesso. Kerlline não gostou muito da brincadeira dos dois e foi perguntar ao ator se o cupido também estaria para jogo. O brother entendeu que a loura estava flertando com ele e disse que queria ficar com ela.

"Quer saber de um bagulho? Quero pegar você e não sei mais o que falar, é isso. Eu pego você fácil, é só você falar que sim".

Kerline desconversou e, logo depois, saiu de perto do paulista, que pensou que ela estava jogando com ele. Mais tarde, os dois bateram um papo, e a influencer explicou que o questionou se o cupido estaria para jogo para que ele se sentisse pressionado como ela se sentiu. Os dois ficaram com os ânimos exaltados, Lucas chamou a sister de racista e afirmou nunca ter ficado com uma mulher branca. Já Ker o chamou de tóxico.

Mas, antes da treta, também houve muita diversão. A playlist da festa teve música de todos os cantores confinados, para a alegria de casa. E Fiuk resolveu explicar para Kerline o motivo de ter dado cobra para ela no queridômetro e os dois conseguiram se entender.

"A gente estava na sala e ela virou para mim e falou do meu cabelo. Falou que eu fiquei horas produzindo o meu cabelo, quis me tirar de artistinha chique", justificou.

E mesmo na festa rolou conversa sobre paredão. Os imunizados Lumena e Arthur discutiram sobre suas opções de voto. A baiana disse que, por enquanto, pensa em votar em Caio. O brother também falou em quem pensa escolher:

“Pessoas que eu não me aproximei foram a Carla (Diaz) e a Camilla (de Lucas). Não quer dizer que eu tenho algo contra. A Camilla ainda zoei. Mas a Carla não tive diálogo. Seria por eliminação”, disse Arthur.