Pela primeira vez, robô conversa com astronauta a bordo da ISS

Foto de 19 de dezembro de 2013 mostra o cientista japonês Tomotaka Takahashi conversando com o robô Mirata

Kirobo, o primeiro robô astronauta do mundo, conversou com um comandante japonês da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) a bordo do laboratório orbital, no primeiro bate-papo entre homem e máquina registrado no espaço.

O androide, de 34 centímetros, dotado de inteligência artificial e capaz de aprender a responder adequadamente aos humanos, confidenciou a Wakata que estava esperando a visita de um certo velhinho com um saco de presentes.

"Papai Noel virá ao espaço", afirmou Kirobo, vestindo um chapéu do bom velhinho, a Wakata.

"O que você vai pedir a Papai Noel, Kirobo?", perguntou o astronauta japonês.

"Eu quero um foguete de brinquedo... Vamos pedir ao Papai Noel", emendou.

O bate-papo improvisado em japonês aconteceu em 6 de dezembro, mas a filmagem foi divulgada nesta sexta-feira. Ela é parte de um projeto de longo prazo que tem como objetivo ver como um robô pode agir como acompanhante de pessoas em isolamento, particularmente para verificar se consegue desenvolver habilidades de conversação.

O robô, inspirado no personagem de mangá 'Astro Boy', deixou a Terra em um foguete de transporte de carga e chegou ao laboratório orbital em 10 de agosto passado.

Wakata chegou à ISS em novembro junto com o cosmonauta russo Mikhail Tyurin e o astronauta da Nasa Rick Mastracchio.

"Tivemos algum problema para conseguir com que o robô conversasse tranquilamente", disse o desenvolvedor Tomotaka Takahashi.

"Quando as pessoas desenvolvem um relacionamento, trata-se de um pequeno acúmulo de bits de comunicação. Pequenas coisas fazem com que funcione ou não", afirmou. "Nós aprendemos dicas importantes de como desenvolver um robô capaz de se comunicar mais com as pessoas", continuou.

Kirobo e seu interlocutor mantiveram uma conversa espontânea de vários minutos a bordo da ISS, durante a qual o robô deu opiniões muito genéricas.

"Como foi o lançamento do foguete?", Wakata perguntou à máquina.

"Foi emocionante!", respondeu Kirobo.

Kirobo e um robô gêmeo, Mirata, que ficou na Terra, foram criados em conjunto pela empresa de publicidade Dentsu, a Universidade de Tóquio, a desenvolvedora de robôs Robo Garage e a Toyota.