Primeiras negociações 'construtivas' sobre acordo iraniano

Polícia vigia entrada do hotel em Viena onde diplomatas de UE, China, Rússia e Irã negociam