Sobe para 20 o número de mortos em naufrágio no sul da Índia

Nova Délhi, 13 nov (EFE).- Pelo menos 20 pessoas morreram e outras duas permanecem desaparecidas depois que o barco em que viajavam naufragou no domingo no rio Krishna, no sul da Índia, segundo o último balanço oferecido nesta segunda-feira à Agência Efe pelos serviços de resgate.

O barco viajava com 38 passageiros a bordo, dos quais "16 conseguiram chegar à margem nadando", afirmou à Efe Manoj Kumar, um porta-voz da Força Nacional de Resposta a Desastres (NDRF, na sigla em inglês) no estado de Andhra Pradesh, onde ocorreu o acidente.

Segundo Kumar, o acidente aconteceu porque "a embarcação particular estava sobrecarregada", o que provocou seu afundamento perto da margem.

Outro porta-voz da NDRF, Subdah Reddy, detalhou que entre os 20 passageiros mortos, 16 corpos foram recuperados ontem e os outros quatro hoje, enquanto continuam os trabalhos de resgate para tentar encontrar duas pessoas que continuam desaparecidas.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, disse que está "angustiado" pelo acidente e transmitiu seu pesar às famílias "das pessoas que perderam a vida na tragédia", segundo uma mensagem publicada em seu perfil no Twitter.

Em setembro, 19 pessoas morreram afogadas e cerca de dez desapareceram após o naufrágio do bote em que viajavam no rio Yamuna, no norte da Índia.

Os acidentes de navegação em rios e lagoas são frequentes na Índia devido à condição precária das embarcações e porque muitas delas viajam com mais passageiros que o permitido. EFE