Primeiro carro movido a energia solar pode ficar por meses sem carregar

Lightyear 0 levou seis anos para ser fabricado e funcionará com energia solar (Getty Images)
Lightyear 0 levou seis anos para ser fabricado e funcionará com energia solar

(Getty Images)

  • Primeiro carro solar do mundo é lançado;

  • Lightyear 0 pode rodar por até sete meses só à base de sol, sem ser conectado a um carregador;

  • Carro familiar pode ser o mais aerodinâmico já feito até hoje.

A startup Lightyear anunciou o lançamento do que definiu como o “primeiro carro solar do mundo”, o Lightyear 0. Movido à energia do sol, o veículo tem a impressionante autonomia de 1.000 km, permitindo que motoristas dirijam por até sete meses sem precisarem conectá-lo a uma estação de carregamento.

Graças aos painéis solares curvos e duplos dos automóveis, os carros conseguem se alimentar por mais de 70 km diários, sem contar com a autonomia padrão de 625 km. Claro que o tempo máximo que passarão sem serem carregados depende de região para região, já que nem todo lugar dispõe do mesmo tanto de sol.

No que diz respeito à eficiência, o Lightyear não decepciona, já que usa apenas 10,5 kWh de energia por 100 km rodados. Conforme divulgado pela Design Taxi, este pode ser o carro familiar mais aerodinâmico já lançado até hoje.

Já no interior, quase todas as superfícies são feitas com materiais veganos ou de origem natural. É o caso dos assentos de camurça de microfibra ecológica e detalhes de palma de vime.

O Lightyear 0 levou seis anos para ser fabricado, contando desde o tempo de pesquisas e design até prototipagem e testes. “Após seis anos de testes, iterações, (re)projetos e inúmeros obstáculos, Lightyear 0 é a prova de que o impossível é realmente possível”, concluiu o cofundador Lex Hoefsloot.

A expectativa é de que a produção comece neste ano, com o máximo de 946 veículos a um custo de 250 mil euros (R$ 1,3 milhão). No final de 2024 ou começo de 2025, a ideia é oferecer um modelo de alto volume por um preço mais acessível, de 30 mil euros (R$ 160 mil).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos