Primeiro-ministro da Armênia anuncia que vai renunciar

O primeiro-ministro da Armênia, Nikol Pashinyan, anunciou neste domingo que vai renunciar em abril, mas seguirá no cargo até a definição do substituto. A decisão foi tomada para a realização de eleições antecipadas, que devem acabar com a agitação política instaurada desde a derrota na guerra pelo controle do território de Nagorno Karabakh.