Primeiro-ministro pede que franceses votem contra Marine Le Pen

Paris, 23 abr (EFE).- O primeiro-ministro da França, Bernard Cazeneuve, pediu neste domingo que seus compatriotas votem contra a candidata da extrema direita, Marine Le Pen, no segundo turno das eleições presidenciais no próximo dia 7.

"A presença de um candidato de extrema direita 15 anos depois do impacto que houve em 2002 obriga todos os republicanos a nos unirmos contra eles", afirmou.

Cazeneuve se referia à vitória de Jean-Marie Le Pen - pai de Marine - em 2002 contra o candidato do Partido Socialista, Lionel Jospin, no primeiro turno das eleições presidenciais, o que lhe permitiu ir ao segundo turno junto com Jacques Chirac, que saiu vencedor.

"Peço que votem em Macron para ganhar desse projeto desastroso que atrasaria a França e dividiria os franceses", defendeu, em discurso na sede do governo.

Na mesma linha, o porta-voz do Executivo e ministro da Agricultura, Stéphane Le Foll, assegurou as ideias de Marine "não resolveriam os problemas dos franceses". EFE