Primeiros Teslas de Berlim podem sair da fábrica no próximo mês, diz Musk a fãs

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Nadine Schimroszik

GRUENHEIDE, Alemanha (Reuters) - Os primeiros carros a emergir da nova fábrica da Tesla em Berlim devem sair da linha de produção já no próximo mês, disse o CEO Elon Musk no local da fábrica, neste sábado, mas ainda levará tempo para alcançar o volume da produção, acrescentou.

Musk espera receber sinal verde nas próximas semanas para começar a produção no local. A última consulta sobre as preocupações do público em relação à fábrica termina em 14 de outubro. Em seguida, o Ministério do Meio-Ambiente tomará uma decisão.

"Começar a produção é legal, mas o volume de produção é a parte difícil", disse Musk a um público alegre em um festival no local da fábrica, muitos dos quais transmitiram ao vivo o discurso nas redes sociais.

"Demorará mais para atingir o volume de produção do que demorou para construir a fábrica."

Segundo ele, o volume de produção seria 5.000 ou "espero que 10.000" veículos por dia, e as células de bateria seriam produzidas no local até o fim do próximo ano.

O CEO também defendeu a fábrica contra críticas pelo seu impacto ambiental, dizendo que usaria "relativamente pouca" água e que a produção de células de bateria seria "sustentável".

Alguns moradores locais e grupos ambientais estavam insatisfeitos com a abordagem de Musk que, segundo eles, vai contra a cultura corporativa da Alemanha.

"Eu diria para ele parar de fabricar carros-elétricos e voar para Marte", disse Manu Hoyer, que liderou um pequeno protesto de moradores locais contrários ao projeto por motivos ambientais, dizendo que ele poluirá a água potável.

O ministro da Economia de Bradenburg avaliou as chances de aprovação para a operação da fábrica são de 95%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos