Primo dos príncipes William e Harry tenta unir novamente os irmãos, diz site

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A briga entre os príncipes William, 40, e Harry, 37, que começou dentro dos palácios e se tornou pública, pode estar perto do fim com ajuda de um primo, Peter Phillips, 44, filho mais velho da princesa Anne. Ele, que é o 17º na linha de sucessão ao trono, tem um relacionamento próximo dos dois primos.

Uma fonte disse ao The Telegraph que Phillips tem agido como um pacificador entre os irmãos na tentativa de juntá-los novamente. Ele caminhou entre os dois irmãos durante a procissão do enterro do avô, o príncipe Philip, em abril do ano passado.

Harry e William estão brigando há anos. O relacionamento piorou após a entrevista dos duques de Sussex à apresentadora Oprah Winfrey, em março de 2021, dizendo que a realeza se preocupou com o tom de pele do filho do casal. Harry alegou que seu pai, o rei Charles 3º e William estavam "presos" na família real.

O distanciamento parece ter diminuído -pelo menos temporariamente- quando os dois irmãos, junto com suas esposas, Kate Middleton e Meghan Markle, saíram juntos no sábado (10) para ver as flores colocadas do lado de fora do Castelo de Windsor em homenagem à rainha Elizabeth 2ª, que morreu na quinta-feira (9).

Um porta-voz de William, agora primeiro na linha de sucessão ao trono britânico, após a ascensão do novo rei Charles 3º, disse que ele fez o convite para que o irmão e a cunhada se juntassem a ele e Kate.