Prisão perpétua para o 'açougueiro dos Bálcãs'

A justiça internacional confirmou, nesta terça-feira em apelação, a condenação à prisão perpétua do ex-líder militar sérvio da Bósnia Ratko Mladic, condenado por crimes contra a Humanidade e crimes de guerra cometidos durante a guerra da Bósnia de 1992 a 1995. Apelidado de "açougueiro dos Bálcãs", o ex-general havia sido condenado em primeira instância em 2017, notadamente por seu papel no massacre de Srebrenica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos