Prisão perpétua para sargento russo

Sargento russo, de 21 anos, condenado a prisão perpétua por um tribunal de Kiev, naquele que foi o primeiro julgamento por crimes de guerra na Ucrânia.

Na abertura do processo, Vadim Shishimarin tinha-se declarado culpado do assassinato de um civil ucraniano, na região de Sumy, no norte do país, no dia 28 de fevereiro, quatro dias depois do Kremlin ter ordenado a invasão desta antiga república soviética.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos