Problema pessoal do guitarrista Malcolm Young pode antecipar fim do AC/DC

Sydney, 15 abr (EFE).- A banda de rock australiana AC/DC pode estar à beira de seu fim por causa de alguns problemas pessoais do guitarrista Malcolm Young, informou nesta terça-feira a imprensa local.

De acordo com o repórter Peter Ford, da rádio "3AW", Malcolm já teria retornado à Austrália com sua família, enquanto a banda deverá cancelar a turnê mundial prevista para este ano e anunciar seu fim em breve, embora a página oficial do AC/DC não tenha mencionado nada sobre este assunto.

"Minha opinião é que não haverá turnê e que nunca mais voltaremos a ver o AC/DC tocar ou gravar de novo. Os meninos têm um pacto para não receber novos integrantes no grupo; ninguém será substituído e, quando alguém sair, o grupo acabará", indicou Ford. Neste aspecto, principal motivo para o fim do grupo seria a vontade do guitarrista Malcolm Young de não sair mais da Austrália.

Os dados que dispõe o jornalista indicam que Malcolm Young, um dos fundadores do grupo, voltou recentemente à Austrália para viver com sua família e, por questões pessoais, poderia não querer continuar com a banda.

As informações sobre o fim do AC/DC começaram a ganhar peso depois que uma emissora de rádio de Perth, no oeste do país, recebesse um email anônimo que anunciava a possível dissolução do grupo.

No entanto, de acordo com a imprensa local, a banda australiana teria um estúdio reservado em Vancouver, no Canadá, para elaborar um novo trabalho de inéditas, que supostamente começaria a ser gravado em maio.

No último mês de fevereiro passado, em entrevista a uma emissora americana, o vocalista Brian Johnson afirmou que o AC/DC realizaria uma turnê mundial neste ano para celebrar os 40 anos da banda. Na ocasião, Johnson também confirmou a gravação de um novo álbum de estúdio, o esperado sucessor de "Black Ice", lançado em 2008.

Johnson, que entrou na banda em 1980, após a morte do ex-vocalista Bon Scott, esteve à frente da banda desde a gravação do álbum "Back in Black", um dos mais influentes da história do rock.

O lendário guitarrista Angus Young, irmão de Malcolm e reconhecido por seus característicos uniformes escolares, o baterista Phil Rudd e o baixista Cliff Williams completam a atual formação do AC/DC. EFE