OEA tacha decisão do Supremo na Venezuela como "autogolpe de Estado"

Washington, 30 mar (EFE).- O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, tachou nesta quinta-feira como "autogolpe de Estado" a decisão do Tribunal Supremo da Venezuela de assumir as funções do Parlamento, que é controlado pela oposição ao governo de Nicolás Maduro.

"Aquilo que alertamos infelizmente se concretizou", afirmou Almagro em comunicado. EFE