Procon Carioca multa Supervia em mais de R$1 milhão

O Instituto Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor - Procon Carioca multou a concessionária Supervia em R$ 1.362.360 pela suspensão do serviço no ramal Japeri e na extensão Paracambi em agosto de 2021, além da circulação com horários irregulares em outros ramais.

A paralisação aconteceu por cerca de três dias, teria ocorrido devido ao furto de cabos e equipamentos de sinalização, o que, de acordo com a empresa, impossibilitou a prestação do serviço com segurança.

Em 2021, a Supervia suspendeu mais de 800 viagens. As interrupções no funcionamento causaram danos aos usuários, que relataram dificuldades para embarcar em outros ramais da empresa devido à superlotação em meio à pandemia de Covid-19, já que a paralisação ocorreu em horário de pico.

De acordo com o Procon Carioca, a empresa já tinha sido notificada para prestar esclarecimentos. Na época, foram requeridas informações sobre dias de interrupção e ramais afetados, causa da interrupção e duração da interrupção. Além disso, a concessionária também precisou responder se há plano de contingência, como ele funciona, e qual o procedimento utilizado para reembolso dos consumidores.

Na defesa prévia, a Supervia alegou que as suspensões parciais e temporárias do ramal Japeri e da extensão Paracambi foram causadas exclusivamente por problemas de segurança pública nos dias 24, 30 e 31 de agosto de 2021.

A empresa afirma que foram paralisações pontuais, com atrasos pontuais. Ainda segundo a Supervia, a duração da paralisação foi de duas horas no dia 24 de agosto de 2021 e três horas nos dias 30 e 31. Desde o início de 2021, a concessionária diz que foram verificadas cerca de 526 ocorrências relacionadas a furtos dos cabos de sinalização, e outras 43 ocorrências de furto dos grampos de fixação e outros componentes da linha férrea.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos