Procon lista 400 sites não confiáveis para passar longe na Black Friday

É preciso dobrar a atenção em tempos de Black Friday (Foto:Getty Images)

Às vésperas da Black Friday, que acontece no Brasil no próximo dia 29 de novembro, o Procon de São Paulo divulgou um ranking com mais 400 sites de compras que foram reprovados pelos consumidores, segundo o portal Catraca Livre.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

Segundo a lista do Procon, das 419 empresas registradas no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), mais de 250 estão com o endereço eletrônico fora do ar e 167 têm sites ativos.

Leia também

Entre as queixas registradas estão mudança de preço ao finalizar a compra, casos em que o produto ou o serviço oferecido não estavam disponíveis no estoque da loja virtual.

Além disso, alguns consumidores relataram que não receberam uma resposta da empresa.

Clique aqui para conferir a lista.