Procon-SP notifica bancos e pede explicações sobre segurança de apps

·1 minuto de leitura
Online banking businessman using smartphone with credit card Fintech and Blockchain concept
Quadrilhas têm roubado celulares e feito transações bancárias indevidas
  • Dez bancos e três associações bancárias foram notificadas pelo Procon-SP

  • Instituição pede explicações sobre segurança nos aplicativos

  • Isso acontece depois de ações de quadrilhas que roubam celulares

O Procon-SP notificou 10 bancos e três associações financeiras pedindo explicações sobre segurança nos aplicativos, depois de ações de quadrilhas que roubam celulares e fazem transações bancárias indevidas. O órgão quer saber sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de roubo e furto. 

Leia também:

As empresas notificadas foram:

Banco Bradesco 

Banco do Brasil

Itaú 

Caixa Econômica Federal

Santander 

Neon 

Nubank

Banco Inter

Banco BMG

Banco Pan 

C6 Bank

Febraban (Federação Brasileira de Bancos)

ABBC (Associação Brasileira de Bancos)

ABFintechs (Associação Brasileira de Fintechs)

O prazo de resposta aos questionamentos vai até 30 de junho.

PIX

Em relação a transações via PIX (Pagamento Instantâneo), será necessário que as instituições apresentem a apresentação das políticas para que as operações sejam concluídas.

O Procon-SP também pede esclarecimento sobre como é feito o estorno de valores que tenham sido utilizados por criminosos com fraudes ou violações de segurança. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos