Procon-SP notifica Seara após consumidor encontrar faca em pacote de frango

Seara deve responder em até sete dias

Após um consumidor reclamar nas redes sociais ter encontrado um pedaço de faca dentro do pacote de frango congelado da marca Seara, o Procon-SP notificou a empresa nesta quinta-feira (16) a prestar esclarecimentos sobre o caso. A empresa deve responder em sete dias.

A Seara deverá descrever e comprovar por meio de fotografias o processo produtivo do produto Filezinho de Peito (Sassami), da linha Congelados & Soltinhos; informar o lote, data de fabricação e validade do item; se já coletou e verificou o produto junto ao consumidor e comprovar quais as providências serão adotadas.

Também deverá informar se identificou alguma falha no processo produtivo que possa ter causado o problema e, em caso positivo, quais medidas foram adotadas para que não volte a acontecer.

Quando qualquer consumidor constata que um produto adquirido apresenta problema que o torne impróprio ao consumo, deve solicitar ao fornecedor (comerciante ou fabricante) a sua substituição ou devolução dos valores pagos.

A Seara respondeu ao EXTRA que adota rígidos controles de qualidade e está apurando o assunto com rigor e urgência. A companhia informou que já realizou a visita técnica na casa do consumidor para investigação e providências.