Produção industrial registra novo retrocesso na Alemanha

Funcionário de fábrica de peças de avião em Blankenfelde-Mahlow, perto de Berlim, em 11 de junho de 2015

A produção industrial da Alemanha registrou contração pelo segundo mês consecutivo em setembro, devido ao impacto da desaceleração das potências emergentes na atividade da principal economia europeia.

O retrocesso de setembro foi de 1,1% em relação a agosto, segundo dados corrigidos pela variação sazonal, informa a agência de estatísticas alemã Destatis.

E agosto, a contração foi de 0,6%, assinala a Destatis, que melhorou assim sua estimativa anterior, de queda de 1,2%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos