Produção industrial sobe pelo terceiro mês seguido: alta de 0,8% em outubro

Karen Garcia
 Setor de produção da indústria de automóveis

RIO — A produção industrial subiu 0,8% em outubro, na comparação com setembro deste ano, de acordo com a Pesquisa Mensal da Indústria (PMI), divulgada nesta quarta-feira pelo IBGE. Em relação ao mesmo período do ano passado, o avanço foi de 1,0%. Essa foi a terceira alta mensal seguida registada pelo indicador que mede o desempenho econômico do setor.

Economistas ouvidos pela Bloomberg estimavam um avanço de 0,9% entre setembro e outubro, e de uma variação de 1,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Nos dez primeiros meses de 2019, o setor industrial acumula queda de 1,1%. O acumulado nos últimos doze meses é de -1,3%. Segundo o IBGE, 14 dos 26 ramos pesquisados mostraram avanço na produção, ante 11 em setembro.

O resultado reflete o sofrimento da indústria com com a lenta recuperação econômica do país, além do impacto da crise de parceiros importantes como a Argentina, com a queda das exportações.

Na terça-feira, o IBGE informou o que o PIB brasileiro avançou 0,6% no terceiro trimestre de 2019, na comparação com o encerrado em junho, com crescimento de 0,8% do setor industrial.

O comportamento da indústria é um dos principais termômetros para avaliar o desempenho do PIB. Com o resultado deste mês, a questão é se o PIB conseguirá um ritmo de aceleração até o fim do ano.

Desde a divulgação do resultado econômico na terça, analistas estão revisando as projeções para 2019 e 2020.

Os economistas das instituições financeiras projetam um cenário de estagnação para a produção industrial no ano, de baixa de 0,7%, segundo pesquisa Focus do Banco Central. Para o resultado do PIB de 2019 do Brasil, a previsão é de uma alta de 0,99%.