Produção de vacinas da China contra Covid-19 atingirá 3 bilhões de doses até fim do ano

·1 minuto de leitura

CHENGDU, China (Reuters) - A China deve produzir três bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19 até o fim do ano, afirmou uma autoridade da Comissão Sanitária Nacional neste sábado.

Zheng Zhongwei, que também lidera uma equipe coordenando os projetos de desenvolvimento de vacinas contra Covid-19 do país, fez o comentário durante um evento da indústria na cidade de Chengdu, província de Sichuan, no sudoeste da China.

“Na segunda metade deste ano, seremos completamente capazes de atender nossa própria demanda”, disse Zheng.

Embora os produtores estejam rapidamente expandindo suas capacidades de produção, não está claro se a produção em si crescerá tão rapidamente. Ela triplicou entre 1º de fevereiro e final de março para cinco milhões de doses por dia, afirmou o governo em sua última atualização.

A principal produtora de vacinas, Sinovac Biotech, disse este mês que havia dobrado a sua capacidade anual de produção para 2 bilhões de doses após completar sua terceira fábrica.

O Grupo Farmacêutico Nacional da China (Sinopharm) também tem uma capacidade de produção combinada nacional de pelo menos 1,1 bilhão de doses para duas vacinas diferentes. A empresa disse que busca aumentar a capacidade para 3 bilhões, mas não especificou um cronograma.

A Sinopharm disse na sexta-feira que será capaz de fornecer 100 milhões de doses contra Covid-19 por mês a partir de abril.

(Reportagem de Roxanne Liu and David Stanway)