Produtor fala sobre o primeiro super-herói gay da Marvel e frisa que orientação sexual não resume o personagem

·2 minuto de leitura
primeiro-heroi-gay-da-marvel.jpg

O filme "Eternos", que estreará nos cinemas no dia 4 de novembro, apresentará o primeiro super-herói gay da Marvel, mas sem criar um alarde sobre o fato. De acordo com Nate Moore, produtor do longa-metragem dirigido por Chloé Zhao (do premiado "Nomadland"), a equipe responsável pela obra quis abordar o tema de forma natural, para que a sexualidade não se transformasse no "tópico central" do personagem, como ele diz.

Em entrevista ao portal americano "Screen Rant", Moore ressaltou que os idealizadores do filme desejavam retratar a sexualidade de Phastos (interpretado pelo ator Brian Tyree Henry) sem que o super-herói "passasse muito tempo segurando uma placa sobre isso, porque a sexualidade é apenas parte de alguém".

— Na vida, a sexualidade não é a história completa de ninguém — afirmou o produtor. — Sim, nós achamos que isso não precisa representar toda a sua história. Achamos que, desse jeito, fica mais real... A gente se torna um melhor contador de histórias se colocamos isso (a orientação sexual) apenas como parte de quem alguém é. Então, sim, essa questão (o fato de haver um super-herói gay) é uma parte importante do filme, mas o filme não é sobre isso. O filme é sobre quem o personagem é (no todo).

Na história de "Eternos", o super-herói Phastos é casado com o personagem interpretado pelo ator Haaz Sleiman, com quem tem um filho. Numa das entrevistas coletivas para divulgação do longa-metragem, Sleiman contou que, durante as filmagens, toda a equipe chorou quando ambos os personagens trocaram um beijo apaixonado em cena. Sim, "Eternos" mostrará o primeiro beijo entre homens da Marvel.

— E é um lindo e muito emocionante beijo — revelou o ator Haaz. — Todo mundo chorou no set. Para mim, é muito importante mostrar como uma família gay pode ser amorosa e bonita.

Recentemente, o presidente da Marvel, Kevin Feige, afirmou que "Eternos" irá redefinir a maneira como as produções do estúdio são vistas e conhecidas pelos fãs. A diretora Chloe Zhao classifica o filme como uma "jornada emocionante" em que uma raça de super-humanos tenta descobrir "quem eles são e o que significa ser humano".

A produção aposta em um time de estrelas, liderado por Angelina Jolie, Salma Hayek, Richard Madden e Kit Harington. Também estão no elenco, que une uma inédita variedade de nacionalidades e idades, Gemma Chan, Kumail Nanjiani, Brian Tyree Henry, Lauren Ridloff, Lia McHugh, Don Lee e Barry Keoghan.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos