Produtora contratada pelo governo federal atua de graça para Renan Bolsonaro

Filipe Vidon
·3 minuto de leitura

RIO – Uma produtora de conteúdo digital e comunicação corporativa, contratada pelo governo federal, realizou gratuitamente a cobertura em foto e vídeo da festa de inauguração da empresa de Jair Renan Bolsonaro, filho mais novo do presidente. A comemoração aconteceu em outubro, em um camarote do estádio Mané Garrincha, em Brasília, local onde fica o escritório da empresa Bolsonaro Jr Eventos e Mídia. Segundo o jornal "Folha de S. Paulo", em reportagem publicada nesta quinta-feira, somente neste ano a produtora Astronauta Filmes já recebeu R$ 1,4 milhão do governo Bolsonaro.

No site da empresa, o governo federal marca presença no portfólio entre outros clientes e um vídeo produzido por eles está no Instagram do filho 04, mostrando a inauguração e os melhores momentos da festa. O evento contou com a presença de Frederico Borges de Paiva, proprietário da Astronautas, que aparece abraçando e se divertindo com Renan. Nas redes sociais, Paiva também aparece ao lado do deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ), aliado de Bolsonaro.

Entre os trabalhos feitos diretamente para o governo federal, três peças foram produzidas para o Ministério da Saúde, com custo total de R$ 642 mil. Outras três campanhas publicitárias foram feitas para o Ministério da Educação, por R$729,9 mil, além de vídeos para o Ministério do Turismo e para o programa Pátria Voluntária, comandado por Michelle Bolsonaro.

Questionado pela Folha, o proprietário da produtora de conteúdos admitiu que prestou os serviços para a empresa de Renan Bolsonaro. “Trocamos por permuta pela divulgação das nossas marcas, assim como fazemos em diversos outros projetos”, disse Paiva. Ele não informou quanto gastou com o evento do filho do presidente. A empresa também se recusou a informar à reportagem o total dos valores que a empresa recebeu do governo federal.

"Entendemos não ter qualquer obrigação de revelar a este veículo de comunicação informações de cunho administrativo e financeiro referente à relação profissional que temos com outras agências, sob qualquer formato", declarou Paiva.

Segundo a reportagem, a festa ocorreu antes do registro do negócio na Junta Comercial de Brasília, em 16 de novembro. A Bolsonaro Jr Eventos e Mídia foi aberta com capital de R$ 105 mil e tem Renan como único sócio. Em seu escopo de atuação está a organização, promoção e criação de conteúdo publicitário para feiras, leilões, congressos, conferências e exposições comerciais e profissionais. Também fornece equipes para operar a infraestrutura dos lugares onde ocorrem os eventos, além da exploração de pedalinhos, karts e "trenzinhos recreacionais".

Em nota enviada à Folha, a Astronautas Filmes afirmou que a empresa tem "destaque em meio corporativo privado, não sendo o foco de nosso trabalho a participação em licitações ou terceirizações de serviços". Sobre as imagens do empresário Paiva abraçando o filho do presidente na inauguração da Bolsonaro Jr, o dono da produtora respondeu que "resta claro que se trata apenas de situação em que minha marca foi divulgada".

Questionado sobre a relação entre a produtora que prestou serviços gratuitos à empresa de Renan e os trabalhos realizados para o governo, o Planalto não respondeu. A única informação divulgada sobre o caso é a de que “A Secretaria Especial de Comunicação Social não tem contrato com a referida empresa”. A empresa de Renan ainda não tem site, mas procurado pelo jornal por meio do e-mail de cadastro na Receita Federal, ele não respondeu.