Produtora pornô brasileira registra alta no número de assinantes pelo segundo dia consecutivo

Eduardo Vanini
"Brasileirinhas" tem alta no número de assinaturas

RIO - Foram só as determinações de quarentena por causa do coronavírus ganharem fôlego no Brasil e muita gente correu para as rede sociais para se perguntar sobre como lidar com, digamos, os prazeres da carne. Entre memes e piadas o fato é que houve quem se desse bem com a situação: a produtora de vídeos pornô Brasileirinhas já registrou a segunda alta consecutiva no número de novas assinaturas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

“O boom foi na terça-feira, quando a alta foi de 70% em relação à semana passada”, conta o CEO da empresa, Clayton Nunes. “Normalmente, a gente recebe cerca de 300 novas assinaturas por dia.Na terça, foram mais de 600 e, na quarta, cerca de 500”.

Leia também

O curioso, segundo ele é que isso ainda não reverberou na audiência. Por ora, parece que as pessoas estão mais interessadas em garantir o acesso ao conteúdo, já que o site não oferece nada gratuitamente, além de trailers.