Professor é preso no Amazonas por estuprar três adolescentes; sobrinha que foi vítima e está grávida

·1 minuto de leitura

RIO — Um professor de 53 anos foi preso, nesta quarta-feira, em Maquiri, na zona rural do município de Pauini, no interior do Amazonas, após ser denunciado à polícia pelo estupro de três adolescentes. Uma das vítimas é sobrinha dele. A garota, de 12 anos, está grávida. Quando ela contou à mãe sobre a gestação, a mulher decidiu denunciar o homem à polícia.

— Outras duas adolescentes, uma de 12 e outra de 13 anos, também denunciaram o professor pelo mesmo crime — disse o escrivão André Chaparro, gestor interino da 63ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), responsável pela prisão.

Segundo o policial, os abusos contra a sobrinha ocorriam desde março deste ano. O professor, por ser tio da vítima, tinha acesso à casa da família e aproveitava quando a mãe dela saía para cometer os estupros.

Contra o acusado, havia um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela Vará Única da Comarca de Pauini. Ele responderá por estupro de vulnerável. O professor ficará custodiado na carceragem da DIP à disposição da Justiça.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos