Professor de boxe é morto a tiros enquanto dava aula na própria academia na Bahia

Morto a tiros: Professor de boxe é executado dentro da própria academia na Bahia - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Morto a tiros: Professor de boxe é executado dentro da própria academia na Bahia - Foto: Reprodução/Redes Sociais

O professor de boxe, Rodrigo Souza, de 30 anos, foi morto com três tiros enquanto dava aula na própria academia no bairro Gleba E, em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador. O crime ocorreu no início da noite de terça-feira (20).

Alunos e a esposa do homem, que trabalhava com ele, presenciaram toda a ação.

Ainda segundo relatos, a companheira de Rodrigo, trabalhava como atendente do local, quando dois homens chegaram em um veículo e pediram informações sobre a academia, as aulas e o professor.

Segundo o portal G1, que conversou com a esposa do professor, que não vai ter o nome divulgado por questões de segurança. Ela relatou que após o pedido de informações, os suspeitos identificaram Rodrigo, que atendia alunos, foram na direção dele e dispararam várias vezes. Após os disparos, os homens fugiram do local no mesmo veículo em que chegaram.

Câmeras de segurança registraram parte da confusão. Na imagem é possível ouvir o momento dos disparos e muita gritaria. Uma das pessoas que grita é a esposa de Rodrigo, que pede socorro. O professor foi levado para o Hospital Geral de Camaçari, mas já chegou à unidade sem vida.

Segundo a Polícia Militar, em nota, eles informaram que procuraram os suspeitos, mas não conseguiram localizar ninguém. O caso é investigado pela Polícia Civil. Ainda não se sabe o que motivou o assassinato. O corpo de Rodrigo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Salvador. Não há detalhes sobre o sepultamento dele, até o momento.

O professor que deixa a esposa e uma filha, de 5 anos, além de ensinar boxe, também era professor de artes marciais, muay thai e kickboxing. A academia fundada por ele é o Centro de Treinamento Benção Fight.