Professor de matemática fica bilionário dando aulas particulares

(Pixabay)

Lecionando uma das matérias menos queridas pelos alunos em todo o mundo, o professor chinês Liu Yachao, de 36 anos, conseguiu criar sua fortuna e se tornar um dos bilionários do país.

O aumento no patrimônio veio graças ao sucesso da TAL Education Group, empresa que oferece aulas particulares de diversas matérias para estudantes chineses. O mercado, que está em expansão no país, cresceu tanto que as ações da companhia mais que duplicaram.

Em 2006, Liu foi o primeiro professor de matemática a entrar na empresa e, junto com as aulas, foi somando promoções e novos cargos, ocupando as posições de diretor de ensino médio, diretor de ensino e pesquisa de professores da companhia e, finalmente, diretor de operações.

O professor de matemática possui 4,7% das ações da empresa, o que corresponde a US$ 1 bilhão. E ele não é o único membro da companhia a ultrapassar os bilhões na conta. De acordo com a agência Bloomberg, o fundador, Zhang Bangxin também tem lucrado com os bons resultados da TAL.

Mercado

Um estudo realizado pela HSBC Holdings mostra que 93% dos pais chineses pagam por aulas particulares para os filhos. Os investimentos anuais superam os US$ 40 mil no país para cada aluno. Com o aquecimento do setor, a TAL Education Group viu seu valor de mercado ultrapassar os US$ 21 bilhões.

“Os resultados da TAL são impulsionados principalmente pelo crescimento das matrículas. Estamos otimistas em relação ao mercado de  educação primária e secundária da China, considerando o sistema de seleção de elite e a disposição do povo chinês para subir na escala social”, aponta a analista Connie Gu, da Bocom International, em entrevista à agência.