Professora de sereismo revela que cauda de Isis Valverde em novela pode custar até R$ 40 mil

Cauda de Isis Valverde em “A Força do Querer” é feita de neoprene e pesa cerca de 30 quilos (Reprodução/ Instagram/ @isisvalverde)

 

Isis Valverde voltou ao ar nesta segunda-feira (03) na pele de Ritinha, em “A Força do Querer”. A personagem da atriz na trama de Glória Perez é uma sereia profissional que trabalha se apresentando em aquários com uma cauda falsa, que demorou 90 dias para ser confeccionada pelas equipes da TV Globo.

Em entrevista ao site “Ego”, Mirella Ferraz, que é professora de sereimo e ajudou a preparar a atriz para o papel, contou que caudas como a usada por Isis Valverde na trama podem chegar a custar R$ 40 mil. “Hoje em dia o mercado de roupas de sereia é muito forte no Brasil e em diversos outros países. Elas são feitas de silicone, então são perfeitas. Tem escamas em 3D. A da Isis é deste modelo, mais cara, com 30 quilos, escamas perfeitas e custa uns R$ 40 mil. Usam o neoprene, que é um tecido próprio para mergulho. A nadadeira é feita de monofin. Tudo muito profissional e um pouco caro”, eplicou a mergulhadora profissional e professora de sereismo.

Leia mais:
Acusado pela esposa de agressão, Victor Chaves é indiciado pela Polícia de Minas Gerais
Emilly e Marcos fazem barraco ao vivo e clima fica tenso no ‘BBB 17’

Ao “Gshow” a figurinista Natalia Duran explicou que a cauda usada por Isis Valverde foi uma das primeiras peças a serem pensadas pela equipe da novela. “A gente resolveu estudar a forma que eles fazem lá fora, adaptar para o que temos aqui e fazer essa cauda de sereia aqui no Brasil. Antes de começar a conceituar a novela, a gente começou pela cauda da sereia“, contou a profissional.