Professora tem carro metralhado ao entrar por engano em favela do Rio; homem morre atropelado durante fuga

Uma professora teve o carro metralhado por traficantes da favela Vila Aliança, em Bangu, Zona Oeste do Rio, no fim da tarde desta segunda-feira. Segundo a Polícia Militar, os bandidos teriam confundido o carro em que ela estava com o filho com uma viatura policial. Vindos do Paraná, eles estavam em busca de um hotel quando entraram na Estrada do Taquaral, após a indicação dada por um aplicativo de mapas.

Veneno: Polícia apreende frasco de antipulgas na cozinha de madrasta suspeita de envenenar enteados
Após o ataque, ela teria perdido o controle do carro na tentativa de escapar dos tiros e acabou atropelando Eduardo da Silva Guilherme, que teve escoriações múltiplas e não resistiu.

Investigação: Madrasta 'ficou rindo' ao servir mais feijão envenenado ao enteado, indicam depoimentos

Socorrida por policiais militares, a mulher foi levada ao hospital Albert Schweitzer com ferimentos de bala no pé esquerdo e na perna direita. De acordo com a Secretaria municipal de Saúde, o estado de saúde dela é estável.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos