Professores estaduais aposentados voltam a receber gratificação Nova Escola, depois de seis anos

Depois de anos sem o pagamento pela gratificação Nova Escola, cerca de 10 mil profissionais da educação aposentados vão receber o benefício. É o que ficou definido em acordo firmado nesta quarta-feira (dia 15) entre o procurador-geral do Estado, Bruno Dubeux, o secretário de Educação, Alexandre Valle, e a advogada do Sindicato dos Profissionais de Educação do Estado do Rio (Sepe), Elaine Rolim.

Os valores começaram a ser pagos aos três primeiros grupos durante o governo Luiz Fernando Pezão, em 2016, mas os pagamentos pararam depois de três meses, deixando os grupos de 4 a 21 desamparados. Agora, seis anos depois, ficou decidido que esses aposentados vão receber a gratificação corrigida pela taxa referencial (TR) somada aos juros da poupança, mas com deságio de 40%.

Os valores já estão depositados judicialmente e, depois da homologação judicial, serão pagos pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos