Profissionais do sexo querem ser considerados grupo prioritário

Profissionais do sexo promoveram uma manifestação nesta segunda-feira em Belo Horizonte. Homens e mulheres pediram que o grupo fosse considerado prioritário na campanha de imunização contra o coronavírus. Também nesta segunda-feira, de acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil superou a marca de 13 milhões de contaminados por covid-19.