Programa de Lula e Alckmin fará homenagem a Eduardo Campos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O programa de governo da chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSB) fará uma alteração para incluir uma homenagem ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), que morreu em 2014 num acidente aéreo, durante a campanha presidencial.

Por sugestão do PSB, o termo pacto federativo foi trocado por "novo federalismo", um conceito que era associado a Campos.

Segundo o coordenador do programa de governo da chapa, Aloizio Mercadante, foi uma forma de trazer a memória de Campos ao programa Lula-Alckmin e fazer uma homenagem a ele.

Na semana passada, foi divulgado um documento preliminar com as diretrizes do programa de governo, que neste momento está recebendo sugestões e emendas dos partidos que compõem a coligação. Na próxima terça-feira (21), será divulgada a versão final do texto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos