Projeto bilionário construirá resorts em forma de Lua

Projeto de uma empresa canadense visa oferecer uma experiência lunar sem precisar sair da Terra (Getty Creative)
Projeto de uma empresa canadense visa oferecer uma experiência lunar sem precisar sair da Terra (Getty Creative)
  • Moon é um projeto multibilionário para construir resorts de férias em forma de lua em vários continentes

  • Projeto está programado para custar US$ 5 bilhões (R$ 25 bilhões)

  • Resorts contarão com teatro, cassino, spa, centro de negócios e convenções

Que muita gente sonha em poder fazer uma viagem ao espaço, já não é novidade. Hoje já existem empresas como a SpaceX, de Elon Musk, que já proporciona esse tipo de passeio a multimilionários. Mas um projeto de uma empresa canadense agora visa oferecer uma experiência lunar sem precisar sair da Terra. E por valores que possivelmente serão um pouco mais acessíveis.

A empresa de arquitetura canadense Moon World Resorts Inc anunciou o Moon, um projeto multibilionário para construir resorts de férias em forma de Lua na América do Norte, na Europa, na região Oriente Médio-Norte da África e na Ásia. A primeira unidade será construída em Dubai, nos Emirados Árabes.

O projeto está programado para custar US$ 5 bilhões (R$ 25 bilhões) e espera atrair 2,5 milhões de hóspedes. Os resorts são uma criação de Michael R Henderson e Sandra G Matthews, que queriam levar o 'turismo espacial' para as massas – por US$ 500 (pouco mais de R$ 2.500).

A entrada na lua, vulgo no resort, será gratuita, mas a experiência principal custará US$ 500. Trata-se de um passeio de 90 minutos pela superfície lunar de 10 acres, incluindo uma visita a uma 'autêntica colônia lunar de trabalho' e uma viagem em um "ônibus espacial".

Haverá também teatro, cassino, spa, centro de negócios e convenções, além de restaurantes e boutiques. A previsão é que o primeiro resort comece a ser construído dentro de 48 meses.

Turismo espacial em alta

Em agosto, a empresa espacial privada Blue Origin anunciou que está a um passo de lançar sua estação espacial Orbital Reef. A expectativa é que daqui a cinco anos a instalação esteja flutuando a mais de 400 km acima da Terra, recebendo astronautas, empresas e turistas espaciais.

A companhia é uma criação do bilionário fundador da Amazon, Jeff Bezos , que deseja que a Orbital Reef esteja operacional até 2027 após a Nasa ter verificado os planos e ter dado permissão para entrar na fase de design.