Promessa do futebol americano é morto a tiros pelo irmão gêmeo

1 / 2

mickey-grace-1.jpg

Suhail Gillard, de 18 anos, foi morto após ser atingido pelo irmão gêmeo

O jovem Suhail Gillard, de 18 anos, trilhava um caminho de sucesso no ensino médio para se destacar no futebol americano, na Filadélfia. Mas a promessa da NFL teve a vida interrompida pelo próprio irmão gêmeo, Fayaadh Gillard, que atirou contra o rapaz dentro do apartamento do pai deles, na cidade de Overbrook. O atleta foi atingido no peito, segundo informou a "NBC Philadelphia".

Fayaadh foi preso pelo assassinato na segunda-feira e ainda foi acusado de mentir à polícia sobre o tiroteio. Ele teria dito à polícia que seu irmão foi baleado por outra pessoa em uma loja. Membros da família disseram suspeitar que o tiro foi um acidente.

"Fayaadh é um garoto excelente, assim como seu irmão. Eles eram nosso maior orgulho e nossa maior alegria", disse o tio deles, Hasan Ford, à "ABC News".

Suhail atuava como running back, foi nomeado o melhor jogador da Filadélfia e três vezes All-Public League.