Promotor chama ministros do STF de "canalhas e "fdp" e sofrerá investigação

Os ministros Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio, Dias Toffoli e Gilmar Mendes. Fotos: Fátima Meira e Renato S. Cerqueira/Futura Press

A corregedoria do Ministério Público de São Paulo vai instaurar uma reclamação disciplinar para investigar os xingamentos feitos pelo promotor Ricardo Montemor em uma rede social. As informações são da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

“Confesso estar muito, mas muito cansado mesmo de toda esta canalhice que é feita no STF pelos canalhas [Ricardo] Lewandowski, [Dias] Toffoli, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello. Não há um só dia que estes fdp não tentam sacanear e acabar com a Lava Jato ou botar na rua o bandido corrupto Lula. A solução ideal não posso dizer. Perderia o emprego se dissesse o que eles realmente merecem. Até quando vamos ter que aguentar esta bandidagem togada?”, escreveu Montemor.

Uma representação foi encaminhada também para o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público). Caso o entendimento seja de que o promotor cometeu um crime, ele pode ser processado pelo procurador-geral de Justiça de São Paulo, diz a colunista.